*Literatura Noir* – Crime e Romance Com Muito Estilo

 

Um crime, um assassino,  mulheres belas e traiçoeiras, um detetive cínico e sarcástico que não ama ninguém a não ser ele mesmo (mas que sempre acaba se apaixonando por uma bela suspeita), policiais corruptos, uma cidade grande cheia de solidão. Este é o cenário perfeito para uma história do tipo “Noir”. 

O estilo literário surgiu nos Estados Unidos pouco tempo depois da primeira guerra mundial e eram publicadas nas famosas revistas pulps, de papel barato e gosto duvidoso (eu adoro estas revistas). Os melhores escritores do gênero policial de todos os tempos passaram por estas revistas e nos deixaram histórias fantásticas, cheias de suspense, romance e sarcasmo. Eles influênciam grandes mestres até hoje, é o caso de Stephen King e Quentin Tarantino (o nome do filme “Pulp Fiction” é uma homenagem às revistas pulp americanas). 

 

A palavra francesa “Noir” quer dizer, negro, escuro. Exatamente como é o ambiente retratado nos livros e também nos filmes do gênero. Este tipo de literatura é também uma crítica à sociedade americana e ao estilo de vida das grandes cidades. Tramas repletas de crimes, ação alucinante, tipos durões de raciocínio rápido, autoridades corruptas e mulheres belas e traiçoeiras. Os personagens são ricos: trágicos, às vezes divertidos, deprimidos ou conformados. Figuras que, sabe-se lá como, conseguem sobreviver à violência urbana e ao destino sombrio nas grandes metrópoles dos Estados Unidos, mas que podem se passar em qualquer grande centro urbano no mundo. 

As histórias possuem uma linguagem simples e direta, pois o público-alvo eram os boêmios, pessoas da noite ou que eram consideradas de “baixo-nível”. Claro que isso foi bem no início, já que depois de um certo tempo, passou a ser reconhecido pela crítica, atingindo várias classes e gerações de pessoas. Grandes nomes fizeram o estilo literário noir virar um clássico. Dois deles se tornaram os mais importantes e também os meus preferidos: 

Dashiell Hammett

Raymond Chandler

 Ambos escreveram livros muito famosos e que serviram de inspiração para o cinema como, por exemplo “O Falcão Maltês” de Dashiell Hamett entre outros. Muitos escritores se imortalizaram escrevendo estes romances policiais: Cornell Woolrich, Ross MacDonald, James M. Cain e James Ellroy. Álias, o cinema foi o maior beneficiado do estilo noir, consagrando atores como Humphrey Bogart, que imortalizou o detetive durão e fazendo grandes obras-primas como “O Falcão Maltês”, “L.A. Cidade Proibida”, “Pacto de Sangue” e “Relíquia macabra”. Mas o cinema noir é uma outra história que pretendo contar depois.

Humphrey Bogart

Sem contar que, como o estilo nasceu na década de 1920 (mais ou menos nessa época) e muitos filmes foram feitos até a década de 1950, o ambiente, o figurino, as músicas, tudo é super retrô. As mulheres estão sempre com roupas e penteados maravilhosos, os homens sempre de ternos bem cortados, tudo muito elegante. Enquanto estava escrevendo este post, ouvia bem baixinho Herbie Hancock, já que o Jazz tem tudo a ver com este universo. Dessa forma me sinto como se estivesse devolta ao passado que, infelizmente, não vivi. 

Literatura recomendada: 

   

Estes são 2 títulos muito bons, mas livros de literatura Noir é o que não falta. Uma boa dica é persquisar os autores citados neste post. Garanto que você não irá se arrepender! 

  

 

 

 

 

 

Published in: on 26 de janeiro de 2010 at 6:07 am  Comments (5)  
Tags: , , , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://misslittlecherry.wordpress.com/2010/01/26/literatura-noir-crime-e-cinismo-com-muito-estilo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

5 ComentáriosDeixe um comentário

  1. simmmm…. esses filmes me facinam…=]

  2. Olá.. amei seu post, mt legal msm .
    Eu sempre achei esse estilo bem legal porém comecei a pesquisar + sobre ele depois q tive uma proposta para fotografar nesse estilo e então preferi me aprofundar e estudar sobre esse estilo maravilhoso e agora estou encantada mt mais do q antes😀

    Bjus *_*

  3. Gostei do post, estava procurando algo sobre, pois coleciono mangás (quadrinhos japoneses) e estava procurando as referencias do mangá DOGS: Bullets and Carnage que possui alguns personagens inspirados pelo estilo noir, com certeza retornarei a este local.

  4. Olá!
    Poderia me passar o seu e-mail, para que eu possa te encaminhar o release da minha marca ao estilo pinup?

    Agradeço.

    Jordana

  5. Pra quem quer conhecer melhor, recomendo o – o sorriso de marfim – de Ross Macdonaldo, ou – o diamante do tamanho do Ritz – de F.O. Fitzgerald…ambos fazem parte da colecao pocket da LP&M.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: