O Mundo dos *Hot Rods*

Esta matéria foi escrita originalmente para a revista RETRÔ MAGAZINE Nº 1 que produzimos na faculdade (como falei aqui). A autora é a Miss Tequila!!! Deu para perceber que adoramos Hot Rod???

Mais do que apenas carros antigos, os Hot Rod’s representam toda a rebeldia de uma época. No final da década de 40, os jovens soldados americanos combatentes na Segunda Guerra Mundial, retornavam às suas casas com dinheiro no bolso e vasto conhecimento de mecânica. Ao invés de ter um carro da moda, esses soldados resolveram inovar e comprar carrocerias de carros das décadas de 1930 e 1940 e aplicar toda a técnica adquirida durante a guerra.

A intenção era tornar os carros muito mais velozes. As rodas e os pneus eram modificados, as traseiras alargadas para melhorar a tração e manipulação dos veículos. Cada carroceria tem um estilo diferente. As mais comuns  na época eram as “coupes” que tem o interior mais reduzido, as “roadsters” são as conversíveis, um modelo muito desejado, já que possui um peso menor do que os outros modelos, ideal para os Hots. As pick-ups e as carrocerias estilo sedan, que podem ter duas ou quatro portas. Em um projeto de Hot é preferível o duas portas, a parte lateral fica com um visual mais limpo. Os modelos da década de 1930 normalmente não possuem porta malas pois usavam um externo.

 

Motor V8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Willy coupe. modelo do inicio da decada de 1940

 

 

 

 

 

 

 

 

Hot com modelo de carroceria roadster

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ford Hot Rod

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os motores também eram ajustados ou substituídos por outro mais poderoso. O mais popular é o motor V8, um modelo com maior número de cilindros, que traz muito mais potência aos carros.

Além das modificações técnicas para tornar os carros mais velozes, os jovens ansiavam por deixar seus carros mais particulares e aplicavam pinturas nos veículos, como a conhecida pintura de labaredas nas laterais. A esta técnica, de desenhar traços finos utilizando pincéis dá–se o nome de pinstriping, que surgiu muito tempo antes dos hot rods mas foi inserida na cultura e aperfeiçoada por artista como Von Dutch e ed “big daddy” roth com o seu rat fink.

Eram organizadas corridas em lagos secos, leitos de rio e em pequenos aeroportos militares desativados, o que não demorou muito para chamar a atenção. A cultura cresceu e ainda hoje é forte em muitos países.

Além dos Hot Rods, dentre os antigos também é possível classificar os Muscle Cars, que são os carros do final da década de sessenta, aparentam agressividade, são “robustos” e potentes. O Street Rod é um Hot Rod de passeio. Montar um hot hoje sai muito caro e, mesmo assim, os donos não utilizam os carros no dia a dia pelo risco de causar algum dano no veículo, por isso surgiu o Street rod, o rod de rua mesmo, o carro é modificado, mas não tanto quanto um Hot, ele é projetado para ser utilizado.

No que se refere ao desempenho, os Rat Rods passam pelas mesmas modificações que um Hot passa, mas no acabamento são completamente diferentes. Os rats parecem carros inacabados, sua carroceria fica sem pintura com aparência de carro abandonado, mas o projeto sai tão ou até mais caro que um hot. Já o primeiro modelo de fusca é datado do final da década de 1930 , e até hoje desperta paixões pelo mundo. São muitas as modificações possíveis, desde fuscas conversíveis a  pick-ups fuscas, e a estes modelos transformados dá- se o nome de hot wolks.

 

Hot Style 2010

Modelo de Rat Hod

O Hot Rod é o pai do tunning, prática muito comum hoje em dia. A modificação de carros é apenas uma vertente da kultura kustom, uma subcultura que nasceu na década de 50 e envolve carros, tatuagem, moda, pintura, e toda e qualquer customização que possa existir. Aliás, até a expressão “kustom kulture” é modificada, pois as palavras são grafadas com K aos invés de C.

No Brasil existem milhares de amantes da cultura Hot Rod, todos os meses são promovidos eventos em diversas cidades do país. Em São Paulo, além dos encontros de antigomobilismo, também são organizados eventos de Kultura Kustom e específicos de Hot Rod. Em 2008 foi criada a Hot Rod Brasil, que tem por objetivo organizar eventos relacionados aos carros, e encontros mensais.

Este ano a HTB organizou o Hot Style, um evento que teve três dias de duração e reuniu donos de carros, oficinas especializadas, admiradores, além de apresentações musicais, stands de roupas vintage e muito mais, bem aos moldes dos grandes eventos que acontecem pelo mundo afora. Esta foi a primeira edição do evento, mas pelo sucesso, com certeza a primeira de muitas. Contamos também com Eventos como o “Revolução Kustom” entre outros eventos importantes que ocorrem em todo o país!

 

 

 

 

 

Published in: on 30 de dezembro de 2010 at 4:12 am  Comments (4)  
Tags: , , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://misslittlecherry.wordpress.com/2010/12/30/o-mundo-dos-hot-rods/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Além de HOT eu diria que é HOT HOT HOT!
    Muito boa a matéria, Rafa!
    Bjos

  2. Oiiii! Então, eu tô meio atrasada, mas queria dar os parabéns pelo blog! 1 ano é bastante coisa hein!
    Então, mas além de tudo queria dizer que me tornei leitora a pouco tempo, e que á adoro! Sou completamente apaixonada pelos assuntos que você aborda aqui, e nunca achei uma fonte legal pra aprender sobre! Seu blog é muito inspirador, espero que não abandone e que não desista dele nunca! Parabéns mesmo, e continue com o bom trabalho! beijos!

  3. Ah meninas,

    Muito obrigada pelos elogios!
    É muito bom saber que vocês gostam do que escrevo no blog, é super inspirador!!!

    Beijokas babies…😀

  4. quero muito ver o seu Doc….@.@


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: